mais sobre mim

subscrever feeds

Quinta-feira, 21 DE Abril DE 2011

Governo de Convergência Nacional Dream Team

Aproveito para anunciar o meu Governo de Convergência Nacional Dream Team:

Troika, Primeiro-Ministro

Paulo Futre, Ministro do Jogador Chinês (Finanças)

Fernando Nobre, Ministro da Côdea no Bico da Galinha (Trabalho)

João Rendeiro, Ministro da Economia Paralela e Offshore (Economia)

Otelo Saraiva de Carvalho, Ministro do Arrependimento por ter feito a Revolução Sozinho (Educação)

Boaventura de Sousa Santos, Ministro dos Ratings e das Convergências Nacionais

Mário Lino, Ministro do Deserto da Margem Sul (Agricultura)

Rasmussen, Ministro da NATO (Defesa)

Armando Vara, Ministro dos Robalos (Justiça)

Cândida Almeida, Ministra da Magistrutura e Advocacia de Sócrates no Freeport e Afins

Ferro Rodrigues, Ministro do Tou me Cagando para o Segredo de Justiça

Mario Soares, Ministro das Candidaturas pela Cidadaina

Almeida Santos, Ministro da Caridade com os Pobres Deputados (Assuntos Parlamentares)

Ricardo Rodrigues, Ministro Surripiador de Gravadores

António Barreto, Ministro dos Direitos Supérfulos (Saúde, Habitação, Educação etc...)

Ricardo Gonçaves, Ministro da Cantina Parlamentar (Presidente da AR)

Fátima Campos Ferreira, Ministra do Pros e Pros

Rui Rio, Ministro da Proibição de Cartazes e dos Musicais La Féria

Patrick Monteiro de Barros, Ministro do Nuclear (Ambiente)

Manuela Ferreira Leite, Ministra da Suspensão da Democracia

Paulo Rangel, Ministro da Asfixia Democrática

Nobre Guedes, Ministro dos Sobreiros da Portucale

Jorge Jesus-Vilas Boas-Grande Homem (Troika da Bola), Ministro do Futebol (Cultura)

Sócrates-Passos Coelho-Portas (Trupe de Circo), Ministros sem Pasta

Ricardo Salgado, Belmiro de Azevedo, Soares Santos, Zeinal Baiva, Amorim, Santos Ferreira, Cadilhe, Pires de Lima, Ulrich, Melos, Grupo Prisa, Santander, Teixeira Duarte, Soares da Costa, Sucatas Godinho... Ministros com Pasta
publicado por Rojo às 12:27
Sábado, 09 DE Abril DE 2011

Mouseland

Tommy Douglas (1904 -1986) was one of Canada's best known New Democrats. 

 

It's the story of a place called Mouseland. Mouseland was a place where all the little mice lived and played, were born and died. And they lived much the same as you and I do.

-------------------

Esta é a história de uma terra chamada Ratugal. Ratugal era uma terra onde todos os pequenos ratos viviam e brincavam, nasciam e morriam. E eles viviam basicamente da mesma maneira que vocês e eu vivo.

They even had a Parliament. And every four years they had an election. Used to walk to the polls and cast their ballots. Some of them even got a ride to the polls. And got a ride for the next four years afterwards too. Just like you and me. And every time on election day all the little mice used to go to the ballot box and they used to elect a government. A government made up of big, fat, black cats.

-------------------

Eles até tinham um parlamento. E a cada quatro anos tinham uma eleição. Costumavam andar até às urnas de voto para votarem. Alguns deles até podiam ter boleia até às urnas. E puderam ir de boleia pelos próximos quatro anos também. Tal eu e vocês. E a cada vez no dia da eleição, todos os pequenos ratos costumavam ir às urnas e costumavam eleger um governo. Um governo composto de grandes, gordos, gatos pretos.

Now if you think it strange that mice should elect a government made up of cats, you just look at the history of Canada for last 90 years and maybe you'll see that they weren't any stupider than we are.

---------------------

Agora, vocês podem pensar que é estranho que os ratos elegessem um governo composto por gatos, mas basta que olhem para a história de Portugal dos últimos 90 anos e talvez possam ver que eles não eram mais estúpidos do que nós somos.

Now I'm not saying anything against the cats. They were nice fellows. They conducted their government with dignity. They passed good laws--that is, laws that were good for cats. But the laws that were good for cats weren't very good for mice. One of the laws said that mouseholes had to be big enough so a cat could get his paw in. Another law said that mice could only travel at certain speeds--so that a cat could get his breakfast without too much effort.

----------------------

Mas eu não estou a falar nada contra os gatos. Eles eram boa gente. Eles conduziam o seu governo com dignidade. Eles aprovavam boas leis - isto é, leis que eram boas para gatos. Mas as leis que eram boas para os gatos não era muito boas para os ratos. Uma das leis dizia que os buracos dos ratos teriam de ter tamanho suficiente para que um gato pudesse meter lá a pata. Outra dizia que os ratos só podiam viajar a determinadas velocidades - para que um gato pudesse tomar o seu pequeno-almoço sem muito esforço.

All the laws were good laws. For cats. But, oh, they were hard on the mice. And life was getting harder and harder. And when the mice couldn't put up with it any more, they decided something had to be done about it. So they went en masse to the polls. They voted the black cats out. They put in the white cats.

-------------------------

Todas as leis, eram boas leis. Para os gatos. Mas vejam, elas eram difíceis para os ratos. E a vida estava a ficar mais e mais difícil.  E quando os ratos não podiam aguentar mais com aquilo, eles decidiram que algo tinha que ser feito. Então eles foram em massa às urnas. Eles votaram e tiraram os gatos pretos do poder. Eles puseram lá os gatos brancos.

Now the white cats had put up a terrific campaign. They said: "All that Mouseland needs is more vision." They said:"The trouble with Mouseland is those round mouseholes we got. If you put us in we'll establish square mouseholes." And they did. And the square mouseholes were twice as big as the round mouseholes, and now the cat could get both his paws in. And life was tougher than ever. And when they couldn't take that anymore, they voted the white cats out and put the black ones in again. Then they went back to the white cats. Then to the black cats. They even tried half black cats and half white cats. And they called that coalition. They even got one government made up of cats with spots on them: they were cats that tried to make a noise like a mouse but ate like a cat.

-------------------------

Ora os gatos brancos tinham montado uma formidável campanha. Eles disseram: "tudo o que Ratugal precisa é de mais visão". Eles disseram: "o problema de Ratugal deve-se àqueles buracos de ratos redondos. Se nos elegerem vamos criar buracos de ratos quadrados". E assim fizeram. E os buracos de ratos quadrados tinham o dobro do espaço que os buracos de ratos redondos e assim o gato podia meter lá ambas as patas. E a vida estava mais dura do que nunca. E quando os ratos não podiam aguentar mais com aquilo eles votaram contra os gatos brancos e puseram os gatos pretos de novo no poder. Depois voltaram-se de novo para os gatos brancos. Depois para os gatos pretos. Depois eles até tentaram votar em gatos meio brancos meio pretos. E a isso eles chamaram uma coligação. Eles até tiveram um governo composto de gatos com pintas: eles eram gatos que tentavam guinchar como ratos mas comiam como gatos.

You see, my friends, the trouble wasn't with the colour of the cat. The trouble was that they were cats. And because they were cats, they naturally looked after cats instead of mice.

-------------------------

Vocês compreenderam, amigos, que o problema não era com a cor do gato. O problema era que eles eram gatos. E porque eles eram gatos, eles naturalmente olhavam pelos interesses dos gatos em vez dos ratos.

Presently there came along one little mouse who had an idea. My friends, watch out for the little fellow with an idea. And he said to the other mice, "Look fellows, why do we keep on electing a government made up of cats? Why don't we elect a government made up of mice?" "Oh," they said, "he's a Bolshevik. Lock him up!"

-----------------------------

Até que apareceu um pequeno rato com uma ideia. Meus amigos, atenção ao pequeno tipo com uma ideia. E ele disse para os outros ratos, "vejam rapazes, porque continuamos a eleger um governo feito de gatos? Porque não elegemos um governo feito de ratos?" "Oh", disseram eles, "é um comunista. Prendam-no!"

So they put him in jail.
But I want to remind you: that you can lock up a mouse or a man but you can't lock up an idea.

------------------------------

Assim eles puseram-no na cadeia.

Mas eu quero vos lembrar: podem prender um rato ou uma pessoa mas não podem prender uma ideia.

publicado por Rojo às 22:16
Segunda-feira, 04 DE Abril DE 2011

Perguntas a uma feminista

Será injusto que não haja mulheres a comandar a guerra na Líbia? Ou será injusta a guerra na Líbia?

 

Será machista usar a habitual condenação por parte de organizações anti-guerra dos bombardeamentos de civis em especial quando se atingem mulheres e crianças? Ou será que seria melhor matar todos por igual?

 

As e os, os e as, @s, dras, drs, dr@s, senhoras e senhores... tudo não passam de construções sociais.

 

O mundo fica melhor com mais mulheres na política? O mundo é melhor quando as mulheres lideram um país? O mundo é melhor quando as mulheres tomam conta do poder económico? O mundo é melhor com as Merkel, Hillary Clintom, Condolezza Rice, Margaret Tatcher, Sarah Pallin, Maria Lurdes Rodrigues, etc, etc...

 

O mundo é melhor quando simplesmente passa a ser "a" e passa a ser "munda"?

 

O mundo é melhor quando fica claro que as mulheres não são frágeis porque isso é tudo um preconceito-estereótipo? O mundo fica melhor quando as mulheres provam que podem fazer tudo o que os homens fazem, mesmo as coisas mais abjectas?

 

O mundo é melhor pela simples troca: passa-se o poder do homem para a mulher?

 

São perguntas de um gajo "construído socialmente" no amor naif pelas mulheres e na identificação dos oprimidos como uma questão de classe, a minha classe d@s explorad@s.

pesquisar

 

Abril 2011

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

comentários recentes

  • Quem é o autor deste texto?Poderia utilizá-lo para...
  • Estou a ver na televisao informacao sobre a greve ...
  • Obrigado, eu também acho que escrever é terapêutic...
  • Este texto bonito. escrever é uma terapia natural ...
  • Bravo, alguém lê este blog! E vem cá despejar o se...
  • Pfft! Conversa típica de comunista. O que ganhou P...
  • A Revolução de Abril vive!
  • A Grécia agora é Terceiro Mundo...
  • España va bien...
  • Gosto de falar com uma mulherGosto de falar com um...

Posts mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro