Perguntas a uma feminista

Será injusto que não haja mulheres a comandar a guerra na Líbia? Ou será injusta a guerra na Líbia?

 

Será machista usar a habitual condenação por parte de organizações anti-guerra dos bombardeamentos de civis em especial quando se atingem mulheres e crianças? Ou será que seria melhor matar todos por igual?

 

As e os, os e as, @s, dras, drs, dr@s, senhoras e senhores... tudo não passam de construções sociais.

 

O mundo fica melhor com mais mulheres na política? O mundo é melhor quando as mulheres lideram um país? O mundo é melhor quando as mulheres tomam conta do poder económico? O mundo é melhor com as Merkel, Hillary Clintom, Condolezza Rice, Margaret Tatcher, Sarah Pallin, Maria Lurdes Rodrigues, etc, etc...

 

O mundo é melhor quando simplesmente passa a ser "a" e passa a ser "munda"?

 

O mundo é melhor quando fica claro que as mulheres não são frágeis porque isso é tudo um preconceito-estereótipo? O mundo fica melhor quando as mulheres provam que podem fazer tudo o que os homens fazem, mesmo as coisas mais abjectas?

 

O mundo é melhor pela simples troca: passa-se o poder do homem para a mulher?

 

São perguntas de um gajo "construído socialmente" no amor naif pelas mulheres e na identificação dos oprimidos como uma questão de classe, a minha classe d@s explorad@s.